Nossa Proposta - Fale Conosco - Sala de Imprensa - Marque Sua Consulta    Ligue: 11 3262 3942 


 Menu
Home
Notícias
Gravidez na Adolescência
Publicações
Marque sua Consulta
Perguntas da Gallera
Audios
Videos
Registre-se
Usuários Registrados
Fale Conosco

 Login
Login:

Senha:

lembre me

Registre-se, é grátis!
Perdeu sua senha?

 Siga-me


 Estão Online

0 usuários registrados
e 12 visitantes

 Métodos Anticoncepcionais - Dr Galletta
2º Método: A Tabelinha (Ogino-Knaus)

Nova pagina 1

 

 

 

 

 

Descrição do Método:

É um método comportamental, baseado na abstinência periódica, junto do provável período fértil da mulher. Foi elaborado cientificamente por dois estudiosos: Ogino e Knaus, que emprestam seu nome ao método anticoncepcional.

Baseia-se na observação, por 12 ciclos (período que vai de uma menstruação à outra) da variação anual de cada mulher, tentando estabelecer qual seria o período fértil, ou seja, a época da ovulação, com 95% de certeza.

A regra para isso é a seguinte:         Subtrai-se 18 do ciclo mais curto

Subtrai-se 11 do ciclo mais longo

Tem-se então 2 números, que indicam o início e o fim do período fértil.

Por exemplo: uma mulher teve, em 1 ano, ciclos que variaram de 28 a 31 dias.

28 – 18 = 10

31 – 11 = 20

Para este exemplo, o período fértil desta mulher inicia-se no 10º dia do ciclo (10 dias após o começo da menstruação) e vai até o 20º dia. Entenda-se: a ovulação deve ocorrer em algum momento deste intervalo, em 95% das vezes.

 

Contra-indicações: Irregularidade menstrual, com ciclos curtos (<26 dias) ou muito longos (>45 dias); Síndrome dos Ovários Policísticos; Mulheres < 15 anos e > 40 anos; casais que não conseguem o controle para a realizarem a abstinência.

 

Indicações: Casais que não querem métodos hormonais, com mulheres de ciclos regulares. Casais em situação familiar estável, que desejam seguir a orientação da Igreja.

 

Vantagens: Método natural, sem custo e disponível a praticamente todos. Ajuda o casal na prática do auto-controle e aproxima homem e mulher para superar dificuldades juntos. É o preconizado pela Igreja.

 

Desvantagens: Para alguns casais, pode tornar o ato sexual um tanto mecânico, ao evitar o sexo justamente no momento em que a mulher está com mais desejo. Há uma taxa maior de falhas, por depender do comportamento e da motivação do casal (não basta um só querer). Há a necessidade de observação prévia dos ciclos por 12 meses, assim como um conhecimento mínimo de matemática. O Stress da vida moderna pode alterar o ciclo menstrual, sem aviso prévio.

 

Eficácia: Variável. Em população motivada: 1% de gravidez em 1 ano. Na população em geral: 10-20% de gravidez em 1 ano.

Índice

» Introdução
» 1º Método: Coito Interrompido
» 2º Método: A Tabelinha (Ogino-Knaus)
» 3º Método: Muco Cervical (Billings)
» 4º Método: Sintotérmico
» 5º Método: Camisinha Masculina (Condom)
» 6º Método: Camisinha Feminina
» 7º Método: Diafragma
» 8º Método: Dispositivo Intra-Uterino (DIU)
» 9º Método: Pílula Anticoncepcional
» 10º Método: Minipílula
» 11º Método: Injetável Mensal
» 12º Método: Injetável Trimestral




(c) www.drgalletta.com.br - Um site a serviço da vida 
 Este website foi desenvolvido pela MPmidia